sábado, 18 de maio de 2019

RJ 140 EM ARRAIAL DO CABO VOLTA A SER TOTALMENTE INTERDITADA PELA DEFESA CIVIL





Na estrada alternativa motoristas enfrentam problemas com a lama, ônibus e carros estão atolando em diversos pontos. 

A Defesa Civil voltou a interditar totalmente o trecho da RJ140 na entrada de Arraial do Cabo, neste sábado (18). A rodovia foi fechada ontem em função do deslizamento de terra na encosta da Prainha e chegou a ser liberada em meia pista na manhã de hoje. Engenheiros fazem vistorias no local, uma vez que a chuva continua a cair e novos deslocamentos de terra podem vir a acontecer. Os postes que ofereciam riscos já foram retirados. Não há uma previsão para a liberação da via. 

A única alternativa para os condutores é enfrentar a estrada de terra que passa pela restinga, saindo na lateral da Álcalis, próximo à Vila Industrial. Em função da chuva que não dá trégua, o local apresenta muita lama, inclusive com registro de veículos atolados ao longo do percurso. Homens da prefeitura fazem o patrolamento da rua para tentar minimizar os transtornos. 

O vídeo gravado por Frankin Cunha mostra passageiros saindo de um ônibus que atolou na estrada alternativa:



A prefeitura de Arraial do Cabo solicitou apoio ao DER-RJ, que enviará hoje (18) uma equipe para executar as intervenções necessárias e a manutenção do caminho alternativo. Na segunda-feira (20), o DER-RJ fará nova vistoria para acompanhar a evolução dos fatos e indicar as soluções definitivas para as ocorrências na RJ 140 no trecho da Prainha.

A Guarda Municipal e a Defesa Civil pedem a colaboração de todos para que os bloqueios realizados no município não sejam furados. Todo o monitoramento e isolamento está sendo feito em regime de plantão para que não aconteçam acidentes. Com a possibilidade de novas chuvas, ainda há risco de novos deslizamentos da encosta.

Qualquer emergência, acionar imediatamente a Defesa Civil através do 199. Equipes da Assistência Social também estão de plantão através do número (22) 99961-1387.

Acompanhe informações em tempo real na página do repórter Vinícius Pereira: https://www.facebook.com/reporterviniciuspereira/






Postagem anterior
Próximo post

0 Comments:

‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››