sábado, 17 de agosto de 2019

Justiça dá 72 horas para que Prefeitura de Arraial do Cabo, RJ, acolha famílias que tiveram casas demolidas



Prazo foi iniciado com a intimação da Prefeitura, por volta das 16h desta sexta-feira (16). Casas irregulares foram derrubadas nesta quinta durante uma operação no Parque Estadual da Costa do Sol.

A Justiça estendeu o prazo, de 12 para 72 horas, para que a Prefeitura de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, providencie o acolhimento das cerca de 130 famílias que tiveram as suas casas demolidas durante uma operação no Parque Estadual da Costa do Sol, nesta quinta-feira (15).


A Defensoria Pública do Estado do Rio obteve uma decisão liminar determinando ao município que receba essas pessoas em casas de passagens localizadas em cidades próximas, caso elas queiram, porque a cidade não tem estabelecimentos para esse suporte.

O prazo foi iniciado com a intimação da Prefeitura, por volta das 16h desta sexta-feira (16).

A decisão também determina ao município a responsabilidade de promover assistência para as famílias, como transporte, alimentação, com recursos humanos, técnicos e financeiros, além da inclusão em programas assistenciais.

Em caso de descumprimento da decisão, será aplicada multa diária de mil reais ao município.

O aumento do prazo, de 12 para 72 horas, foi um pedido feito pela Prefeitura para a Justiça.

Reportagem do g1 lagos.


Mulher morre por asfixia e marido é preso suspeito do crime em Arraial do Cabo, no RJ



Suspeito disse à polícia que a mulher tentou suicídio, segundo a Polícia Civil. Crime aconteceu nesta quarta-feira (14).

Um homem foi preso em flagrante por suspeita de feminicídio em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, nesta quarta-feira (14). O crime foi divulgado nesta sexta-feira (16) pela Polícia Civil.

De acordo com a polícia, os agentes foram acionados pelo Hospital Municipal, que informou que uma mulher havia dado entrada na unidade com sinais de enforcamento. Ela foi atendida, mas não resistiu.

Ainda segundo a polícia, o companheiro da vítima foi encontrado e disse que a mulher tinha tentado suicídio. Já o exame de necropsia constatou asfixia por outra pessoa.

O homem então foi preso por ser o principal suspeito do crime e levado para um presídio em Benfica, no Rio de Janeiro.

Reportagem do g1 lagos

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Inspetor de alunos é detido pela PF por suspeita de falsidade ideológica em Arraial do Cabo, no RJ



De acordo com o delegado Alexandre do Nascimento, ele foi levado para prestar esclarecimentos sobre emissão de documento falso para a Marinha, há cerca de 4 anos.

Por G1 — Região dos Lagos

Um inspetor de alunos do Ciep municipalizado em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, foi detido na manhã desta sexta-feira (2) pela Polícia Federal por suspeita de falsidade ideológica.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Alexandre do Nascimento, o inspetor emitiu um documento falso para a Marinha, há cerca de quatro anos.

Segundo o delegado, o mandado foi expedido pela Justiça Federal de São Pedro da Aldeia.

O delegado informou ao G1 que o homem será ouvido e provavelmente liberado, mas responderá por medidas restritivas.

Procurada pelo G1, a Prefeitura de Arraial informou que o funcionário foi admitido no último concurso em 2015 e se encontra em 'estágio probatório'.

De acordo com o município, a Secretaria de Educação se colocou à disposição para esclarecimentos sobre a conduta do servidor no exercício de suas funções.

A reportagem aguarda outros detalhes da Polícia Federal sobre o caso.

Rotary promove vacinação contra poliomielite em cidades do interior do Rio



Vacinação começou nesta quinta-feira (1°) e vai até o fim do mês nos postos de saúdes de cada cidade.

O Distrito 4751 do Rotary Internacional promove a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite, que é uma doença altamente infecciosa e afeta principalmente as crianças menores de cinco anos. A vacinação acontece nas cidades do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.

O objetivo é aumentar coberturas vacinais para evitar a reintrodução da doença. A vacinação começou nesta quinta-feira (1°) e vai até o fim do mês e os pontos para vacinar são os postos de saúde das cidades.

O Rotary é uma comunidade internacional que reúne líderes para superar grandes desafios, local e globalmente. O Distrito 4751 engloba os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Segundo o Rotary, junto com parceiros, ajudaram a imunizar mais de 2,5 bilhões de crianças contra a paralisia infantil em 122 países, representando uma redução de 99,9% no número de casos mundiais.

"Embora não haja cura, a pólio pode ser prevenida pela vacina", disse Carlos Roberto, de Campos dos Goytacazes.
O vírus da pólio, geralmente contraído pela ingestão de água contaminada, ataca o sistema nervoso e pode levar à paralisia. Embora não haja cura, a pólio pode ser prevenida pela vacina.

"Sou de uma geração que viveu os anos aterrorizantes da pólio. Quando soube que estamos tão próximos do fim da paralisia infantil, decidi colaborar. Não é sempre que conseguimos fazer algo tão extraordinário como eliminar uma doença", ressaltou Roberval Santana, de Bom Jesus do Itabapoana.

A luta para eliminar a pólio é liderada pela Iniciativa Global de Erradicação da Pólio (GPEI), integrada pelo Rotary International, Unicef, Centro Norte-Americano de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Organização Mundial da Saúde (OMS), Fundação Bill e Melinda Gates, governos mundiais e diversos apoiadores.

"Enquanto não eliminarmos a pólio completamente, toda criança correrá o risco de contraí-la", falou, Maria Luzia Amaral, de Itaperuna.

Fonte: G1. 
Postagens mais antigas ››