Arraial do Cabo recebe Projeto Mobilidade Urbana - Programa Calçada Acessível



O trabalho voltado para a acessibilidade engloba os cadeirantes, gestantes, idosos, cegos, obesos, buscando sempre o espaço público democrático
Arraial do Cabo recebeu nos dias 21 e 22 de março as atividades do Projeto Mobilidade Urbana - Programa Calçada Acessível. Participaram das ações, a coordenadora de Acessibilidade de Arraial, Vanessa Pimentel, o coordenador do COMTRANS, Marcos Sumar, o subsecretário de Governo, Comunicação e Eventos, Raphael Barreto e a subsecretária de administração, Débora Ramos.
Representando a Assistência Social do município, estiveram presentes, Gesna Paula e Hemanoelly Lopes. Também participaram, Ronaldo Murilo, da Secretaria de Turismo, Rinaldo Gonçalves Fagundes Filho, da Secretaria de Obras e Jarbas Branco, da Secretaria do Ambiente.

Na quarta-feira (21), foi realizado o Workshop Participativo de Capacitação Técnica na Praça do Guarani. Na dinâmica os participantes foram colocados nas cadeiras de rodas e tiveram os olhos vendados, simulando uma situação real, na prática. “A intenção foi fazer com que os representantes da sociedade, passassem pela mesma situação de desvantagem dos deficientes no dia a dia” – disse Vanessa Pimentel, coordenadora de Acessibilidade.

Nesta quinta-feira (22), aconteceu na Prefeitura, uma reunião para Elaboração do Folder e Manual Técnico de Calçadas. “Estamos concluindo hoje a parte da elaboração do manual. Agora estaremos fazendo uma pausa no programa e o próximo passo será a apresentação prévia deste manual, seguida da entrega definitiva que acontecerá na FIRJAN em Niterói. O objetivo final é realizar o seminário para a sociedade civil e a criação do decreto ou lei municipal, da calçada acessível. Agradecemos a presença dos representantes das secretarias que participaram das atividades” – afirmou Gustavo Guimarães, Arquiteto Regional da Associação Brasileira de Cimento Portland, ABCP.
O trabalho voltado para a acessibilidade engloba os cadeirantes, gestantes, idosos, cegos, obesos, buscando sempre o espaço público democrático. O projeto acontece em Arraial do Cabo com o apoio da Prefeitura, por meio da coordenadoria de Acessibilidade, ABCP e FIRJAN.


Nenhum comentário