Uso em área de proteção do município é considerado crime ambiental. 


Repórter Vinícius Pereira 


A Guarda Ambiental Marítima de Arraial do Cabo, aprendeu nesta quarta-feira -feira (15) cerca de 300 metros de rede de três malhas, também conhecida como "feiticeira". A rede foi encontrada armada no mar, entre a Prainha e a Praia do Pontal. A operação aconteceu com o apoio da AREMAC. 


De acordo com os agentes, cerca de 10kg de pescado já estavam presos a rede. Os peixes de diversas espécies foram doados no cais, na Marina dos Pescadores, na Praia dos Anjos. 


A equipe da Guarda Marítima fiscaliza não só a pesca com a rede de três malhas, mas também todas as ilegalidades praticadas na área do município. De acordo com Mauro César, coordenador da Guarda Marítima, a rede é predatória e ações são realizadas para coibir a utilização no mar de Arraial. "Esta é uma rede que mata todo tipo de animal marinho. Ela é colocada no mar e deixada de um dia para o outro, prendendo tartarugas, arraias e até peixes em extinção. Nossos agentes estão periodicamente realizando ações no mar com o intuito de prender quem desrespeita a lei" - afirmou Mauro. 




Postar um comentário

 
Top