Cientes da repercussão do episódio, viajantes estão na Argentina. Guillermo e Catherina chegaram a aproveitar a praia em Cabo Frio

Sem ressentimentos. O casal uruguaio, que deixou de entrar em Arraial por não ter dinheiro para pagar a taxa (R$ 1200) pela entrada do trailer na cidade, não guarda mágoas. Guillermo Urrutia – que estava acompanhado pela mulher Catherina Romanelli e pelos dois filhos ao ser barrado no pórtico – garante que não guardou mágoas do episódio.

À Folha, o prefeito Renatinho Vianna (PRB) reprimiu a cobrança e afirmou que resolveria a questão pessoalmente caso a família quisesse retornar à cidade. O viajante ficou ciente da declaração através da reportagem e aceitou o convite para conhecer Arraial do Cabo – só não agora porque a família já está na Argentina.

– Para entrar na cidade teríamos que pagar R$ 1.200 para estacionar ou contratar o guia turístico. Agora estamos na Argentina. Não desejamos voltar por agora, mas sim um dia – revela Guillermo.

Segundo ele, vontade de passear por Arraial do Cabo e conhecer suas belezas naturais não faltaram.

– Evidentemente desejamos voltar um dia. Foi só um comentário porque nós havíamos ficado com vontade de dar uma volta para conhecer. Fica para a próxima! Nos sentimos muito bem em toda viagem pelo Brasil – finaliza Guillermo Urrutia.

Reportagem do Jornal Folha dos Lagos.

Postar um comentário

  1. PIADA,,, 1.200 reais para entrar com trayller aqui em Arraial é piada. Uma cidade turística que espanta turistas. Sai prefeito e entra prefeito e a bosta continua.

    ResponderExcluir

 
Top