Veja a lista completa de cortes divulgada nesta quinta-feira (8). 

O prefeito Renatinho Vianna, decretou mais medidas rígidas para otimizar as despesas e cortar gastos. O Decreto Nº 2.441, de 30 de maio de 2017, suspende o abono pecuniário de um terço de férias de qualquer servidor municipal, bem como o recebimento de licença prêmio; Suspenso também está a concessão de aumento de quaisquer vantagem aos servidores; As compras da Prefeitura serão realizadas somente com prévia justificativa e com autorização; Novas admissões sob contratação temporária estão suspensas; 

Novos afastamentos de servidores para estudos, seminários, simpósios, encontro profissionais, fóruns, entre outros também; A concessão de licença sem vencimento; pagamento de vale transporte para servidores em cargo em comissão ou função gratificada, que recebam salário acima de R$ 2 mil, também foi cortada.

O prefeito ainda quer que os órgãos e entidades da administração municipal reduzam em 20% o consumo de água, energia elétrica, telefonia, combustíveis, material de expediente e outros materiais de consumo e também o uso de ar-condicionado. As secretarias terão que economizar no gasto com impressões de documentos e a utilização de veículos deverá ser realizada em conjunto, quando forem para outros municípios. 

Finalizando, a partir de 1º de junho até o dia 31 do mesmo mês de 2018, os serviços internos de natureza administrativa e o atendimento ao público será das 9h às 16h, já os serviços de natureza essencial a jornada será das 9h às 17h. O decreto entrou em vigor no 1º de junho. 

Postar um comentário

 
Top