Testemunhas e análise de imagens de câmaras levaram aos assassinos



Uma equipe da 132ª DP (Arraial do Cabo) prendeu na manhã desta sexta-feira (5) Adriano Dias dos Santos e Joélson Santanna, acusados de matar a tiros o guardador de carros Ulisses Crespo Cardoso, de 39 anos. O crime aconteceu na tarde do último dia 19 de fevereiro, ainda na alta temporada, período em que o local estava cheio de turistas.

De acordo a delegada-titular Flávia Monteiro, a polícia chegou aos acusados após ouvir testemunas e analisar imagens do circuito interno de segurança de prédios da redondeza. 
Com as evidências, a delegada pediu a prisão cautelar dos acusados, que acabou concedida pela juíza Juliana Figueira, da Vara Única de Arraial do Cabo. 


Fonte: Folha dos Lagos. 

Postar um comentário

  1. Mto bom ver a Polícia agindo e prendendo criminosos. Mesmo que demore temos que acreditar na justiça.Sou admiradora de carteirinha da Dra. FLÁVIA MONTEIRO. Abraços Dra. Flávia e parabéns pelo trabalho com toda equipe. 👍

    ResponderExcluir

 
Top