Por Davi Matos / Gazeta do Forte 

Após o atropelamento que resultou na morte do professor de dança Edilan Monteiro, o ‘Kiko’, que aconteceu na Rodovia Amaral Peixoto no último sábado (27), os moradores de Tamoios, 2° distrito de Cabo Frio, se uniram e como forma de protesto organizaram um abaixo-assinado para cobrar do poder público melhorias na rodovia.

Segundo o organizador do movimento ‘SOS Rodovia Amaral Peixoto’, Wanderson do Samburá, a meta é chegar a 15 mil assinaturas. De segunda-feira (29) até hoje, já foram colhidas aproximadamente 3.200 assinaturas. 


– Após batermos a meta de 15 mil assinaturas, nós iremos entregar o abaixo-assinado ao Ministério Público, a fim de que nossas reivindicações sejam encaminhadas ao órgão competente e o problema solucionado o mais breve possível. Queremos a manutenção, sinalização e iluminação da RJ-106, disse Wanderson do Samburá.


O organizador disse ainda que ficou muito feliz com a adesão da população ao seu movimento:

Wanderson do Samburá em entrevista ao RJTV

– Muito me alegra ver os moradores de Tamoios lutando por nosso distrito, se preocupando e buscando soluções. Tenho recebido muitas ligações de pessoas querendo assinar o abaixo-assinado e inclusive pegar cópias para colher mais assinaturas. O resultado tem sido muito positivo, finalizou Wanderson do Samburá.

Os pontos de assinatura são os seguintes:
• Mister Coxito, em Unamar 
• Bar Adri Lanches, ao lado da Via Mar

• Secretaria da Igreja Católica de Unamar 

• Drogaria Menor Preço, ao lado do Mercado Independência 

• Galeria Ribeiro, em Unamar 

Postar um comentário

 
Top