Pescadores fecharam a entrada do local na manhã desta terça-feira. Acordo foi fechado e data para regularização dos pescadores foi estendida. 

Repórter Vinícius Pereira 

Pescadores fizeram uma manifestação pacífica na manhã desta terça-feira (18), na Marina da Praia dos Anjos em Arraial. Os manifestantes pediam a prorrogação do prazo para a regularização dos pescadores junto à colônia, para até 10 dias antes da votação para a nova presidência.

A atual presidente da colônia deu o prazo até o dia 16/04, último domingo, para que os pescadores efetuassem a regularização, o que foi contestado pela classe. "Os pescadores não estão sendo atendidos pela atual presidência da colônia na cidade. Nossa meta é o pescador. Queremos ver os trabalhadores recebendo seus direitos" - afirmou Eraldo Cunha, presidente da AREMAC e candidato na eleição de 2017. 

De acordo com Mário Sérgio, o Tuquinha, outro candidato a presidência da colônia, as duas chapas estão unidas pelo pescador. "Mais uma vez as autoridades em Arraial não tomam uma providência. O pescador não pode escolher o seu representante. É preciso se regularizar para votar"- afirmou o pescador. 

A colônia e os pescadores chegaram a um acordo no final da manhã. "Não houve prestação de contas da atual administração. Se ela não cumpriu o estatuto como ela pode cobrar a união dos pescadores e o cumprimento dos seus deveres? Diante da manifestação, Pedro Pinto, advogado da colônia prorrogou o pagamento da taxa até o dia 7 de maio, estendendo o prazo como foi solicitado" - disse a Advogada de Tuquinha, Clarice Dias, que acompanhou toda a intermediação. 

 


Postar um comentário

 
Top